O que se sabe sobre Ötzi, o homem do gelo mumificado nos Alpes há 5.300 anos

Veja também: Descoberta da tumba de Tutancâmon no Egito A múmia siberiana de 2.500 anos encontrada com tatuagens e maconha O cadáver mais estudado de todos os tempos se chama Ötzi, também conhecido como o “homem do gelo”, uma múmia masculina bem conservada com cerca de 5.300 anos que foi encontrada em 1991 por umContinuar lendo “O que se sabe sobre Ötzi, o homem do gelo mumificado nos Alpes há 5.300 anos”

Em “Começo conjectural da história humana”, Kant concilia o Gênesis e Darwin

Neste artigo escrito em 1786, o já renomado filósofo Immanuel Kant examina o momento em que o homem passa do estado de rudeza animal para o de ser racional. Usando como guia o relato bíblico da queda de Adão e outras passagens do Gênesis, supõe que a ruptura entre o instinto e a razão marcaContinuar lendo “Em “Começo conjectural da história humana”, Kant concilia o Gênesis e Darwin”

Como “visitar” museus sem sair de casa

Entre as medidas tomadas para se evitar a disseminação do novo coronavírus estão a recomendação de home office, a orientação de evitar aglomerações, aulas suspensas, shows cancelados, eventos esportivos cancelados, museus fechados, entre outras. “Fiquem em casa” é o que mais se ouve. Durante esse período, a visitação virtual e gratuita a museus, galerias e bibliotecas públicas deContinuar lendo “Como “visitar” museus sem sair de casa”

Quantas pessoas já viveram no mundo?

Hoje, o nosso planeta conta com uma população estimada em cerca de 7 bilhões de habitantes. Mas, se considerássemos todos os seres humanos que já passaram sobre a face da Terra desde o surgimento do Homo sapiens, há 50 mil anos, quanta gente teria vivido neste mundo? O pessoal do Population Reference Bureau decidiu calcular quantasContinuar lendo “Quantas pessoas já viveram no mundo?”

Da pedra à internet

A humanidade demorou para evoluir suas formas de comunicação. Antes de inventar a escrita, passamos milhares de anos usando basicamente gestos e grunhidos. Até a fala custou a aparecer; quando começou a ser desenvolvida, as pinturas rupestres já existiam. Em compensação, depois disso, tudo se acelerou. Na base da conversa, começamos a trocar conhecimentos, principalmente deContinuar lendo “Da pedra à internet”

Línguas europeias surgiram na Turquia há aproximadamente 9 mil anos, sugere estudo

A saga do mais importante grupo de línguas do mundo, com quase 3 bilhões de falantes nativos, começou há aproximadamente 9 mil anos, na atual Turquia, e está ligada às origens da agricultura. Em última instância, seria graças à descoberta de como cultivar trigo e cevada que os brasileiros falam português e os americanos falam inglês. A conclusão está emContinuar lendo “Línguas europeias surgiram na Turquia há aproximadamente 9 mil anos, sugere estudo”

Índios tupis-guaranis já viviam no Rio de Janeiro há quase 3 mil anos

O povo tupi-guarani já vivia na região de Araruama-RJ há 2.920 anos (a margem de erro é de 70 anos). Isso corresponde a aproximadamente 1.180 anos antes do que as evidências científicas indicavam até hoje. A descoberta, publicada nos Anais da Academia Brasileira de Ciências, embaralha as teorias que tentam explicar a dispersão dessa culturaContinuar lendo “Índios tupis-guaranis já viviam no Rio de Janeiro há quase 3 mil anos”

A Guerra do Fogo

A Guerra do Fogo é um filme gravado em 1981 e dirigido pelo cineasta francês Jean-Jacques Annaud. O filme retrata um período na pré-história em que viviam dois grupos de hominídeos. O primeiro, que quase não se diferencia dos macacos por não ter fala e se comunicar através de gestos e grunhidos, é pouco evoluído e achaContinuar lendo “A Guerra do Fogo”

Matemática básica (básica mesmo!)

Pequenas quantidades são percebidas tanto por humanos quanto por outros animais. Uma cadela sabe se sua ninhada foi mexida, por exemplo. Isso se chama percepção numérica. A contagem, entretanto, é um atributo exclusivamente humano, intimamente ligado ao desenvolvimento da inteligência. Não se sabe ao certo quando o homem começou a medir as coisas de formaContinuar lendo “Matemática básica (básica mesmo!)”