Em “Começo conjectural da história humana”, Kant concilia o Gênesis e Darwin

Neste artigo escrito em 1786, o já renomado filósofo Immanuel Kant examina o momento em que o homem passa do estado de rudeza animal para o de ser racional. Usando como guia o relato bíblico da queda de Adão e outras passagens do Gênesis, supõe que a ruptura entre o instinto e a razão marcaContinuar lendo “Em “Começo conjectural da história humana”, Kant concilia o Gênesis e Darwin”

Festival da Carne de Cachorro acontece na China apesar dos protestos (veja as fotos)

Veja também: Experimentos científicos macabros realizados pela URSS com cachorros O Festival da Carne de Cachorro (fotos abaixo), realizado todos os anos na cidade de Yulin, no sul da China, acontece de 21 a 30 de junho, que é geralmente uma das épocas mais quentes do ano por lá. Durante dez dias, mais de dez mil cães são comidosContinuar lendo “Festival da Carne de Cachorro acontece na China apesar dos protestos (veja as fotos)”

Uma voz dissidente na pandemia

Veja também:  Linha do tempo da Covid-19 Breve história das pandemias A crise do Coronavírus, por Yuval Harari Na média, intelectuais e acadêmicos tendem a ser menos céticos quanto aos perigos da pandemia de COVID-19 e menos críticos às medidas de prevenção do contágio. Tendem portanto a apoiar mais os decretos de isolamento social eContinuar lendo “Uma voz dissidente na pandemia”

Por uma política da racionalidade

Desidério Murcho para O Estado da Arte. Estudos recentes de psicologia cognitiva, popularizados sobretudo por Daniel Kahneman no livro Thinking, Fast and Slow (2011), parecem mostrar que os seres humanos têm como que uma alma dividida: dois sistemas cognitivos que não trabalham propriamente em harmonia, em parte porque um deles é chamado a fazer oContinuar lendo “Por uma política da racionalidade”

Tolerância e ofensa

Artigo de Desidério Murcho para o jornal Público do dia 22 de janeiro de 2008. A tolerância é uma das noções mais difíceis de compreender. Confunde-se geralmente com o relativismo epistêmico e esta confusão denuncia incapacidade ou até falta de vontade para aceitar a tolerância. Os pensadores pós-modernistas são responsáveis por contaminar a cultura contemporâneaContinuar lendo “Tolerância e ofensa”

Pessoas ignorantes em política devem ter o direito de votar?

Artigo de opinião do professor e cientista político português João Pereira Coutinho para o jornal Folha de S.Paulo do dia 27 de setembro de 2016. Vamos ser honestos? A democracia não é o melhor regime político. Você sabe disso. Muitas vezes, as maiorias elegem governos incompetentes, mentirosos, corruptos e autoritários. Então surge a pergunta: Devemos concederContinuar lendo “Pessoas ignorantes em política devem ter o direito de votar?”

O mundo está muito complexo

Artigo de Denis Burgierman para a revista Superinteressante. Tenho quase certeza de que você sabe do que eu estou falando. Uma certa angústia, uma sensação de que tudo está escorregando do controle. E também uma pitada de desânimo com a ordem geral do mundo, como se não adiantasse fazer nada, porque qualquer esforço vai se perderContinuar lendo “O mundo está muito complexo”

Crônicas sobre nossa percepção do tempo

Veja também: Sobre os nomes dos meses e dias da semana Reuni todas essas crônicas em um único post porque elas tratam de um assunto em comum: a nossa percepção do tempo. Não são sobre o tempo propriamente dito, enquanto categoria da física, da cosmologia ou da metafísica. São sobre a maneira como nós oContinuar lendo “Crônicas sobre nossa percepção do tempo”

Por que políticos mentem?

Trecho de um artigo do economista americano Thomas Sowell. O fato de que muitos políticos de carreira são mentirosos descarados e compulsivos não é apenas uma característica inerente à classe política: é também um reflexo do eleitorado. Quando as pessoas querem o impossível, somente mentirosos e demagogos podem satisfazê-las. Mas quando a realidade se impõe eContinuar lendo “Por que políticos mentem?”

Meritocracia não é um conceito capitalista

Neste breve artigo, Rodrigo da Silva argumenta que a meritocracia não é um conceito capitalista, como geralmente se pensa. Pelo contrário, a meritocracia seria um conceito anticapitalista. Uma tese bastante incomum, mas que faz muito sentido. Meritocracia não é um conceito capitalista. Pelo contrário. Esse é provavelmente o maior mito econômico de nosso tempo. Por mais estranhoContinuar lendo “Meritocracia não é um conceito capitalista”