Em “Começo conjectural da história humana”, Kant concilia o Gênesis e Darwin

Neste artigo escrito em 1786, o já renomado filósofo Immanuel Kant examina o momento em que o homem passa do estado de rudeza animal para o de ser racional. Usando como guia o relato bíblico da queda de Adão e outras passagens do Gênesis, supõe que a ruptura entre o instinto e a razão marcaContinuar lendo “Em “Começo conjectural da história humana”, Kant concilia o Gênesis e Darwin”

Ortodoxia – Chesterton

Trechos extraídos do livro Ortodoxia, de Chesterton (1874-1936), publicado no Brasil em 2008 pela editora Mundo Cristão. Da dificuldade de explicar algo de que estamos completamente convencidos Fica muito difícil defender algo de que se está inteiramente convencido. Se alguém está convencido apenas em parte porque descobriu esta ou aquela prova da coisa, consegue facilmente explicá-la.Continuar lendo “Ortodoxia – Chesterton”

Sobre os nomes dos meses e dias da semana

Veja também: O calendário cristão está errado Desde criança, uma pergunta me inquieta, mas nenhum dos adultos que eu conhecia jamais foi capaz de respondê-la. Eu mesmo me tornei adulto, mas até pouco tempo atrás não conseguia ainda saciar a curiosidade da criança dentro de mim. A pergunta continuava insolúvel, e consistia no seguinte: Por queContinuar lendo “Sobre os nomes dos meses e dias da semana”

Carta de Princípios Mackenzie 2016: uma posição sobre a questão dos refugiados

Leia a seguir trechos da Carta de Princípios 2016 divulgada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, destinada aos seus alunos, professores e funcionários. Nela, a Universidade esclarece o seu posicionamento em relação à crise humanitária envolvendo os refugiados. A carta na íntegra pode ser lida diretamente no portal da Chancelaria. A palavra de ordem atual é “superar a crise”. No entanto, o que perturbaContinuar lendo “Carta de Princípios Mackenzie 2016: uma posição sobre a questão dos refugiados”

500 anos da Reforma Protestante

Cristãos protestantes do mundo todo comemoram hoje os 500 anos da Reforma. O movimento começou a se espalhar e ganhar força na Alemanha quando, em 31 de outubro de 1517, o padre e teólogo Martinho Lutero pregou (nos dois sentidos desse verbo) suas 95 teses contra os abusos da Igreja Católica Romana nas portas da catedralContinuar lendo “500 anos da Reforma Protestante”

Questões curiosas sobre a Bíblia

Por que a Bíblia católica tem 7 livros a mais? Quem dividiu a Bíblia em capítulos e versículos, tal como usamos hoje? Qual tradução da Bíblia é mais confiável? Essas e outras questões são respondidas de maneira simples e direta neste compilado. Veja também: Qual a diferença entre os termos hebreu, judeu, israelita e semita? Por queContinuar lendo “Questões curiosas sobre a Bíblia”

Os 20 livros mais vendidos da história

Não foi fácil montar essa lista. Para alguns livros, como os clássicos antigos, é muito difícil calcular o número de exemplares vendidos, pois na época ainda não havia o conceito de comprar um livro, o que não significa que eles não foram reproduzidos milhões de vezes. Outros títulos acabam sendo difíceis de se contar porContinuar lendo “Os 20 livros mais vendidos da história”

Um povo, muitos nomes: Qual a diferença entre os termos hebreu, judeu, israelita e semita?

Todos esses termos referem-se ao mesmo povo, ainda que em momentos distintos de sua história. São nomes dados ao povo que, na Bíblia, é descrito como o “povo escolhido de Deus”, ou simplesmente “povo de Deus”. Alguns homens que conhecemos bastante fizeram parte desse povo: Abraão, Moisés, Davi e até Jesus Cristo. Ainda assim, tantos nomes paraContinuar lendo “Um povo, muitos nomes: Qual a diferença entre os termos hebreu, judeu, israelita e semita?”

De onde vem a moralidade?

De onde vem a moralidade? Quem ou o quê orienta nossos padrões morais? Como foi estabelecido o prumo pelo qual determinamos o que é certo e o que é errado? Razão? Evolução? Consciência? Natureza humana? Utilitarismo? Peter Kreeft, professor de filosofia do Boston College, discute estas questões neste vídeo da Prager University. O ser humanoContinuar lendo “De onde vem a moralidade?”

Arqueólogos israelenses afirmam ter encontrado o antigo palácio do rei Davi

A Autoridade Israelense de Antiguidades anunciou na última quinta-feira (18) que escavações na região das planícies do país desenterraram duas grandes construções que seriam datadas do século 10 a.C., período do reinado de Davi. Arqueólogos da Universidade Hebraica trabalharam por 7 anos no local denominado como Khirbet Qeiyafa, que corresponde a uma cidade fortificada dos primórdios de Israel, referidaContinuar lendo “Arqueólogos israelenses afirmam ter encontrado o antigo palácio do rei Davi”