Isaac Newton criou teoria da gravidade durante quarentena da peste bubônica

Longe de Cambridge e da epidemia que deixou 100 mil mortos, o cientista ainda encontrou tempo para iniciar seus estudos sobre cálculo e óptica. É o que mostra a matéria a seguir, publicada ontem na página da revista Galileu, com informações dos jornais Open Culture, The Guardian e The Washington Post. Veja também: Breve história das pandemiasContinuar lendo “Isaac Newton criou teoria da gravidade durante quarentena da peste bubônica”

Rússia quer construir rodovia e ferrovia ligando Nova York a Londres

Em uma palestra, Vladimir Yakunin, presidente da Russian Railways, empresa estatal que administra a malha ferroviária da Rússia, revelou um plano megalomaníaco: a construção de uma super rodovia e ferrovia que ligasse Nova York, maior metrópole dos Estados Unidos, a Londres, capital e maior metrópole do Reino Unido. Em entrevista à emissora CNN, Yakunin afirmou que, caso fosse levado adiante,Continuar lendo “Rússia quer construir rodovia e ferrovia ligando Nova York a Londres”

O nevoeiro assassino de 1952

O grande nevoeiro de 1952, conhecido também como Big Smoke, foi um período de severa poluição atmosférica, entre os dias 5 e 9 de dezembro de 1952 que encobriu a cidade de Londres. O fenômeno foi considerado como um dos piores impactos ambientais até então, sendo causado pelo crescimento incontrolado da queima de combustíveis fósseisContinuar lendo “O nevoeiro assassino de 1952”

As grandes civilizações do mundo

Este mapa mostra o domínio territorial das principais civilizações do mundo atualmente, divididas por cores. Clique no mapa para vê-lo em tamanho maior e use a legenda abaixo para entender melhor qual civilização está representada por cada cor. Azul escuro: Ocidente, conhecido como “primeiro mundo”, composto em sua maioria por países desenvolvidos, de economia fortemente capitalistaContinuar lendo “As grandes civilizações do mundo”

Quais foram os três maiores impérios de todos os tempos?

Para definir quais foram os maiores impérios, não basta levar em conta apenas a extensão territorial. “Existiram os muito grandes, mas que foram também muito efêmeros”, diz o Pedro Paulo Funari, doutor em História e professor da Unicamp. Segundo ele, a duração e o legado de cada um deles também são fatores importantes. É aContinuar lendo “Quais foram os três maiores impérios de todos os tempos?”

Inglaterra, Reino Unido e Grã-Bretanha: entenda a diferença de uma vez por todas

Veja também: Americano, norte-americano ou estadunidense? Está aí uma dúvida que me acometia desde a infância. Nenhum adulto generoso se deu ao trabalho de explicar isso ao pequeno Charles – nem mesmo as professoras de geografia! Somente depois de adulto – com uma ajudinha do Google – é que essa dúvida me foi esclarecida. Compartilho a descobertaContinuar lendo “Inglaterra, Reino Unido e Grã-Bretanha: entenda a diferença de uma vez por todas”

Uma questão de nacionalidade: Americano, norte-americano ou estadunidense?

Qual a maneira correta de indicar a nacionalidade de quem nasce nos Estados Unidos da América? Como devo me referir a algo que tem origem, características ou ligação com esse país? Americano, norte-americano ou estadunidense? Eu mesmo convivi com essa dúvida por um bom tempo. Somente agora tive a disposição de pesquisar, ler, comparar opiniõesContinuar lendo “Uma questão de nacionalidade: Americano, norte-americano ou estadunidense?”

As 10 universidades mais antigas do mundo

Considera-se que a universidade mais antiga do Brasil é a Universidade Federal do Paraná, que iniciou suas atividades em 1912, há mais de 100 anos. Mas enquanto a UFPR era criada, já existiam universidades com mais de mil anos de funcionamento. As pioneiras surgiram como instituições religiosas do mundo islâmico medieval. E, dois séculos depois daContinuar lendo “As 10 universidades mais antigas do mundo”

Artur Avila é o primeiro brasileiro a conquistar a Medalha Fields, o “Nobel da matemática”

Alguns dizem que a Medalha Fields é o equivalente do Prêmio Nobel para a matemática. Outros dizem que é ainda mais valiosa, pois é concedida apenas a cada 4 anos e só premia pesquisadores que se destacaram antes de completar 40 anos – o que os obriga, necessariamente, a ter algo de prodigioso. Seja como for,Continuar lendo “Artur Avila é o primeiro brasileiro a conquistar a Medalha Fields, o “Nobel da matemática””

As capitais continentais

Eu já argumentei aqui por que Recife é a capital do Nordeste, ainda que informalmente. Em mais uma de minhas divagações ociosas, estive me perguntando qual seria a capital de cada continente do mundo. Por “capital”, leia-se cidade mais importante, levando em consideração os pontos de vista político, econômico, cultural, histórico e geográfico. Eis as minhas sugestões: CAPITALContinuar lendo “As capitais continentais”