Por uma política da racionalidade

Desidério Murcho para O Estado da Arte. Estudos recentes de psicologia cognitiva, popularizados sobretudo por Daniel Kahneman no livro Thinking, Fast and Slow (2011), parecem mostrar que os seres humanos têm como que uma alma dividida: dois sistemas cognitivos que não trabalham propriamente em harmonia, em parte porque um deles é chamado a fazer oContinuar lendo “Por uma política da racionalidade”

Pessoas ignorantes em política devem ter o direito de votar?

Artigo de opinião do professor e cientista político português João Pereira Coutinho para o jornal Folha de S.Paulo do dia 27 de setembro de 2016. Vamos ser honestos? A democracia não é o melhor regime político. Você sabe disso. Muitas vezes, as maiorias elegem governos incompetentes, mentirosos, corruptos e autoritários. Então surge a pergunta: Devemos concederContinuar lendo “Pessoas ignorantes em política devem ter o direito de votar?”

Como fazer uma propaganda eleitoral

Papel gasto na propaganda eleitoral impressa daria para fazer 20 milhões de livros Em 2012, um juiz do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fez as contas de quanto se gasta com a propaganda eleitoral impressa a cada eleição no Brasil e chegou a uma conclusão: a propaganda eleitoral é cara e agride seriamente o meio ambiente. SóContinuar lendo “Como fazer uma propaganda eleitoral”

O mundo está muito complexo

Artigo de Denis Burgierman para a revista Superinteressante. Tenho quase certeza de que você sabe do que eu estou falando. Uma certa angústia, uma sensação de que tudo está escorregando do controle. E também uma pitada de desânimo com a ordem geral do mundo, como se não adiantasse fazer nada, porque qualquer esforço vai se perderContinuar lendo “O mundo está muito complexo”

Por que políticos mentem?

Trecho de um artigo do economista americano Thomas Sowell. O fato de que muitos políticos de carreira são mentirosos descarados e compulsivos não é apenas uma característica inerente à classe política: é também um reflexo do eleitorado. Quando as pessoas querem o impossível, somente mentirosos e demagogos podem satisfazê-las. Mas quando a realidade se impõe eContinuar lendo “Por que políticos mentem?”

Invejo quem vota com entusiasmo

Artigo de opinião de Guy Franco para o Yahoo Notícias, publicado às vésperas do primeiro turno das eleições municipais. Melancólico e aborrecido. É como eu me sinto agora. Esta é a semana mais deprimente do ano. Com as eleições municipais logo ali. São 11 enfadonhos candidatos a prefeito mais 1273 candidatos a vereador na minhaContinuar lendo “Invejo quem vota com entusiasmo”

Como são computados os votos nulo, em branco ou em uma legenda?

A diferença entre votar nulo (quando é digitado e confirmado um número inexistente), em branco (quando essa tecla específica é escolhida) ou em alguma legenda (quando se vota no partido em vez de escolher um candidato específico) é uma dúvida recorrente entre os eleitores brasileiros. Na reportagem abaixo, o advogado Hélio Silveira, membro da Comissão deContinuar lendo “Como são computados os votos nulo, em branco ou em uma legenda?”

A ilusão política das grandes manifestações

Crônica de Fernando Pessoa (1888-1935), consagrado poeta português, extraída de sua obra Ideias Políticas. Embora fosse aplicada diretamente a Portugal no início do século 20, sua opinião continua espantosamente atual. Nisto de manifestações populares, o mais difícil é interpretá-las. Em geral, quem a elas assiste ou sabe delas ingenuamente as interpreta pelos fatos como seContinuar lendo “A ilusão política das grandes manifestações”

Alemanha 70 x 1 Brasil

Artigo de opinião de Alexandre Versignassi e Guilherme Pavarin para a Superinteressante. O porto de Santos é a cafeteira do mundo: um terço do café tomado na Terra passa por ali. O maior comprador do nosso estimulante preto, ao lado dos Estados Unidos, é a Alemanha. Mas eles não tomam tudo. Revendem uma parte razoável, porque paraContinuar lendo “Alemanha 70 x 1 Brasil”

80 pessoas são fuziladas na Coréia do Norte por crimes como a posse de Bíblias

Veja também: Cristofobia no Oriente Médio No domingo da semana passada (03), o jovem ditador norte-coreano Kim Jong Un conduziu a sua primeira execução pública em massa dos chamados “dissidentes” do regime político imposto atualmente no país. De acordo com o jornal sul-coreano JoongAng, 80 pessoas foram executadas em 7 cidades, incluindo Wonsan, Chongjin e Sariwon. NaContinuar lendo “80 pessoas são fuziladas na Coréia do Norte por crimes como a posse de Bíblias”