Por que políticos mentem?

Trecho de um artigo do economista americano Thomas Sowell. O fato de que muitos políticos de carreira são mentirosos descarados e compulsivos não é apenas uma característica inerente à classe política: é também um reflexo do eleitorado. Quando as pessoas querem o impossível, somente mentirosos e demagogos podem satisfazê-las. Mas quando a realidade se impõe eContinuar lendo “Por que políticos mentem?”

Meritocracia não é um conceito capitalista

Neste breve artigo, Rodrigo da Silva argumenta que a meritocracia não é um conceito capitalista, como geralmente se pensa. Pelo contrário, a meritocracia seria um conceito anticapitalista. Uma tese bastante incomum, mas que faz muito sentido. Meritocracia não é um conceito capitalista. Pelo contrário. Esse é provavelmente o maior mito econômico de nosso tempo. Por mais estranhoContinuar lendo “Meritocracia não é um conceito capitalista”

Qual foi o primeiro atentado terrorista de que se tem notícia na história moderna?

Em tempos de terrorismo ocupando as manchetes com cada vez mais frequência pelo mundo, é natural questionarmos como e quando essa barbárie começou. A reportagem exibida no Fantástico deste domingo (03) saciou nossa curiosidade: O primeiro atentado terrorista de que se tem registro na era moderna aconteceu em Paris, no final do século 19, deixando toda a sociedade daContinuar lendo “Qual foi o primeiro atentado terrorista de que se tem notícia na história moderna?”

Sobre a reimpressão de “Mein Kampf”

Artigo de opinião de Stephen Hicks, professor de filosofia na Rockford University (EUA). As autoridades alemãs permitirão a reimpressão da obra Mein Kampf (Minha Luta, em tradução livre), de Adolf Hitler, após décadas de censura. Pessoas decentes podem argumentar que o livro é muito perigoso para ser publicado. Mas o fato é que Mein Kampf éContinuar lendo “Sobre a reimpressão de “Mein Kampf””

80 pessoas são fuziladas na Coréia do Norte por crimes como a posse de Bíblias

Veja também: Cristofobia no Oriente Médio No domingo da semana passada (03), o jovem ditador norte-coreano Kim Jong Un conduziu a sua primeira execução pública em massa dos chamados “dissidentes” do regime político imposto atualmente no país. De acordo com o jornal sul-coreano JoongAng, 80 pessoas foram executadas em 7 cidades, incluindo Wonsan, Chongjin e Sariwon. NaContinuar lendo “80 pessoas são fuziladas na Coréia do Norte por crimes como a posse de Bíblias”