O passado da língua portuguesa e a origem de algumas expressões populares brasileiras

Origem de algumas expressões populares brasileiras Extraído dos livros De onde vêm as palavras: origens e curiosidades da língua portuguesa, de Deonísio Silva (1997); e O Dialeto Caipira, de Amadeu Amaral (1982). Uai: Há controvérsias quanto à origem desse típico dialeto caipira, muito falado nos estados de Minas Gerais e Goiás. Para o filólogo Amadeu Amaral (1875-1929), essa expressão, que indica surpresa ou dúvida, teriaContinuar lendo “O passado da língua portuguesa e a origem de algumas expressões populares brasileiras”

Um povo, muitos nomes: Qual a diferença entre os termos hebreu, judeu, israelita e semita?

Todos esses termos referem-se ao mesmo povo, ainda que em momentos distintos de sua história. São nomes dados ao povo que, na Bíblia, é descrito como o “povo escolhido de Deus”, ou simplesmente “povo de Deus”. Alguns homens que conhecemos bastante fizeram parte desse povo: Abraão, Moisés, Davi e até Jesus Cristo. Ainda assim, tantos nomes paraContinuar lendo “Um povo, muitos nomes: Qual a diferença entre os termos hebreu, judeu, israelita e semita?”

Filmes sobre Lampião e o cangaço

Coletânea de documentários e filmes biográficos nacionais sobre a vida de Lampião, Maria Bonita, Corisco, Dadá e outros cangaceiros famosos que aterrorizavam o sertão nordestino no início do século 20. Clique nos links abaixo para assistir no YouTube. O último dia de Lampião (1975) Lampião, o rei do cangaço (1964) Lampião e Maria Bonita (1982) Meu nomeContinuar lendo “Filmes sobre Lampião e o cangaço”

As proezas de João Grilo

Estes versos são talvez os mais famosos e icônicos da literatura de cordel. Lembro que meu avô lia isso pra mim na infância (boa parte ele apenas recitava, pois sabia de cor). A autoria é do cordelista paraibano João Martins de Athayde (1880-1959). O personagem João Grilo foi quem inspirou o protagonista homônimo de “O Auto daContinuar lendo “As proezas de João Grilo”

Por que Recife é a capital do Nordeste?

“Imagine o Brasil ser dividido e o Nordeste ficar independente”, propõe a música Nordeste Independente, dos paraibanos Bráulio Tavares (escritor e compositor) e Ivanildo Vilanova (poeta repentista), que foi interpretada e gravada pela primeira vez pela cantora paraibana Elba Ramalho no início dos anos 1980. A canção é um manifesto contra a discriminação sofrida pelo Nordeste, que gerou muita polêmica naContinuar lendo “Por que Recife é a capital do Nordeste?”

Reorganização das regiões do Brasil

Cismei com a atual divisão do território brasileiro em cinco regiões. Considero o Norte grande demais em extensão, enquanto o Sul é pequeno demais, ente outras coisas. Então resolvi testar novas formações possíveis. Nada sério: só um rascunho grosseiro de como eu dividiria o Brasil, caso me ocorresse a oportunidade. Nos mapas abaixo, apresento possíveis divisões do BrasilContinuar lendo “Reorganização das regiões do Brasil”

Bíblia do Matuto

O publicitário e designer paraibano Rayan Rodrigues teve a sacada de contextualizar passagens da Bíblia com a linguagem típica do Nordeste ao idealizar a Bíblia do Matuto. Eu já lhe dei a ideia de um livro mas, por enquanto, o trabalho está sendo divulgado apenas no Facebook – e fazendo sucesso por lá. Repara que ideia arretada: