O que faz um trabalho científico ser original?

Artigo do professor Marco Mello no blog Sobrevivendo na Ciência. Veja também: Como falar muito sem dizer nada Como a indústria dos artigos científicos é péssima para o avanço da ciência A originalidade é a principal diferença entre uma monografia de graduação, uma dissertação de mestrado e uma tese de doutorado. Enquanto nos dois primeiros níveis não éContinuar lendo “O que faz um trabalho científico ser original?”

Como a indústria dos artigos científicos é péssima para o avanço da ciência

Exigências burocráticas e uma cultura que privilegia a quantidade em vez da qualidade levam cientistas à exaustão – e à malandragem – para garantir bolsas de pesquisa. É o que mostra a matéria a seguir, da revista Superinteressante. Veja também: O que faz um trabalho científico ser original? O tcheco Ján Hoch tinha 16 anosContinuar lendo “Como a indústria dos artigos científicos é péssima para o avanço da ciência”

Sobre a reimpressão de “Mein Kampf”

Artigo de opinião de Stephen Hicks, professor de filosofia na Rockford University (EUA). As autoridades alemãs permitirão a reimpressão da obra Mein Kampf (Minha Luta, em tradução livre), de Adolf Hitler, após décadas de censura. Pessoas decentes podem argumentar que o livro é muito perigoso para ser publicado. Mas o fato é que Mein Kampf éContinuar lendo “Sobre a reimpressão de “Mein Kampf””

Por que os livros escritos no século 20 estão sumindo das prateleiras?

Dá uma olhada nesse gráfico. Ele mostra as novas edições de livros disponíveis no site da Amazon, a maior empresa de comércio eletrônico do mundo, distribuídos por década. Agora se pergunte: O que é esse buracão entre 1920 e 1990? Direitos autorais. Eles surgiram em 1923. Todas as obras anteriores a esta data são de domínio público eContinuar lendo “Por que os livros escritos no século 20 estão sumindo das prateleiras?”