Sobre o casamento – Rubem Alves

Depois de muito meditar sobre o assunto, concluí que os casamentos são de dois tipos: tênis e frescobol. Casamentos do tipo tênis são uma fonte de raiva e ressentimentos e terminam sempre mal. Casamentos do tipo frescobol são uma fonte de alegria e costumam ter vida longa. Explico-me. Para começar, uma afirmação de Nietzsche, comContinuar lendo “Sobre o casamento – Rubem Alves”

Muito cedo para decidir – Rubem Alves

Crônica de Rubem Alves em resposta a uma estudante que lhe escreveu angustiada por não saber qual curso escolher na inscrição do vestibular. O texto foi extraído do livro Estórias de quem gosta de ensinar: o fim dos vestibulares (São Paulo, 1995). Gandhi se casou menino. Foi casado menino. Foram os adultos que assinaram o contrato. Os dois sequerContinuar lendo “Muito cedo para decidir – Rubem Alves”